MDF ou MDP: qual o melhor tipo de móvel?

Solicita Cotización

Número incorrecto. Por favor, compruebe el código del país, prefijo y número de teléfono.
Al hacer clic en 'Enviar' confirmo que he leído los Política de protección de datos y acepto que mi información anterior sera procesada para responder a mi solicitud.
Nota: Puedes cancelar tu consentimiento enviando un email a privacy@homify.com con efecto futuro

MDF ou MDP: qual o melhor tipo de móvel?

Eduardo Prado – homify Eduardo Prado – homify
Cocinas de estilo moderno de Alma em Design Moderno
Loading admin actions …

A madeira é uma das principais matérias primas utilizadas pela humanidade para construir e decorar. Desde os primórdios, os homens viram na flexibilidade e resistência da madeira uma oportunidade de personalizar suas habitações conforme desejavam.

Com a revolução industrial, no século XVIII, o uso dessa matéria-prima foi ainda mais intensificado para o desenvolvimento urbano e isso fez com que houvesse escassez de madeira e lentidão para a produção. Foi aí que o MDF e o MDP foram desenvolvidos.

Agora que você já sabe a parte histórica sobre a origem desses materiais, é hora de seguirmos para o que realmente importa: saber se vale a pena comprar móveis com esses tipos de estruturas e, por fim, o que é melhor: MDF ou MDP.

Para ter essas respostas e muitas outras dicas, vale a pena seguir conosco pelas imagens abaixo e ter ainda mais certeza de qual será a sua escolha.

O que é MDF?

Entre o MDF e o MDP, o primeiro é o mais popular. É comum que as pessoas entrem ou acessem lojas de móveis onde a descrição sobre o tipo de fabricação indica o MDF como principal estrutura.

Mas, o que é MDF afinal de contas?

A sigla MDF significa Medium Density Fiberboard, ou Placas de Fibra de Madeira de Média Densidade. O processo de fabricação é feito com pequenas fibras de madeira misturadas com resina sintética, o que traz como resultado um tipo de placa com alta resistência e excelente uniformidade.

Graças à ótima resistência, o MDF é flexível e possibilita os mais diferentes cortes, como os arredondados, por exemplo, garantindo personalização conforme as necessidades mais específicas.

O que é MDP?

No desenvolvimento de diferentes tipos de estruturas originadas da madeira original, o MDP aparece como uma boa alternativa ao próprio MDF.

O que é o MDP?

Sua sigla significa Medium Density Particleboard, ou seja, chapas de madeira com partículas de madeira prensada em média densidade.

Em sua estrutura, o MDP conta com três camadas, sendo as bordas com partículas mais finas e o miolo mais grosso. Esse tipo de construção das placas faz com que o material seja mais grosso, mas, mais leve, comportando grande capacidade de peso.

Assim como o MDF, o MDP é, sem dúvidas, uma ótima escolha para os mais diferentes tipos de móveis para a casa.

Qual a diferença entre MDF e MDP

Com dois tipos de materiais para móveis tão bem desenvolvidos, fica até difícil saber quais as principais diferenças entre o MDF e o MDP. Mas estamos aqui para ajudar você com isso e muito mais.

A diferença principal entre o MDF e o MDP está na estrutura das placas. O MDF é construído com placas mais maleáveis que permitem manipulação mais fácil e recortes personalizados. Com isso, é um material que pode ser muito bem empregado em soluções modernas sob medida.

O MDP, por sua vez, é mais resistente e aguenta mais peso. Embora não seja tão maleável, é um tipo de estrutura que se adapta fácil em superfícies planas. Para prateleiras, portas, painéis e outros, é uma excelente escolha.

Qual é melhor: MDF ou MDP?

Essa é uma pergunta que compreende várias outras perguntas. Então vamos aos vários pontos a se considerar.

  • Umidade

O primeiro é o local que o móvel ocupará. Se o local for úmido, como o banheiro, ou em espaço aberto, tenha a consciência de que ambos absorvem a umidade e podem estragar mais rapidamente sob essas condições.

Contudo, se houver a necessidade de escolher entre um dos dois para essa finalidade, vá de MDP. Por ser menos denso e com espaço entre as fibras, as partículas das bordas incharão primeiro e isso retardará a modificação na espessura do móvel.

  • Peso

Outro ponto muito importante é com relação ao peso que será utilizado no móvel. Peças de MDP costumam aguentar cargas maiores, o que é bem indicado para armários, guarda-roupas e outros móveis para essa finalidade. A durabilidade tenderá ser maior.

  • Durabilidade

Ambos os tipos de móveis oferecem ótima durabilidade. Mas para isso, precisam ter suas limitações de peso e utilização respeitados. O ideal é seguir todas as indicações dos fabricantes quanto à capacidade de peso, espaço e limpeza. Seguindo esses cuidados, você terá lindos móveis por longos anos.

Móveis planejados em MDF ou MDP

Com tantas vantagens desses tipos de móveis, não é difícil imaginar que tanto o MDF, quanto o MDP sejam utilizados para aplicações mais específicas e sofisticadas. É o caso, por exemplo, dos móveis planejados.

Ambos podem ser muito bem aplicados em armários, guarda-roupas, estantes, torres e outras opções que permitam um acabamento mais moderno e agradável aos ambientes. Porém, é preciso saber onde e como utilizar cada opção.

Móveis em MDF são excelentes quando a ideia é desenhar acabamentos personalizados, como cantos, quinas, adornos e outras soluções com desenho mais aprimorados. O MDF é ótimo para a parte externa do móvel.

Já o MDP é a opção ideal para estruturas internas, como prateleiras, gavetas e outros espaços que receberão grandes quantidades de objetos. Isso garantirá mais resistência do móvel e maior durabilidade.

O melhor, sem dúvidas, é falar com um bom designer de interiores ou mesmo um marceneiro, que indicarão as melhores aplicações conforme as necessidades de seu lar.

Guarda-roupa em MDF

Um dos móveis mais populares produzidos em fibra de madeira, é o guarda-roupa. Vendidos tanto em MDF, quanto em MDP, esses móveis acabam tendo preços menores do que os guarda-roupa de madeira, o que faz deles uma opção bem interessante.

Os guarda-roupas em MDF trazem a vantagem de acabamentos mais refinados e até mesmo personalizados, o que faz deles uma boa opção quando a ideia é valorizar a decoração. Além disso, são também mais resistentes para mudanças de posições, o que, inclusive, é vantajoso para quem mora de aluguel e muda com certa frequência.

Qual a espessura dos móveis em MDF

As espessuras de MDF podem ser de 3, 6, 9, 12, 15, 18, 20, 25 e 30mm. Fique de olho na hora de comprar o seu móvel! Vamos às aplicações de cada uma:

  • MDF de 3, 6 e 9mm.: são finos e podem ser utilizados para fundos de gavetas e espelhos.
  • MDF de 12 e 15mm.: são indicados para o uso de painéis de TV e cabeceira de camas.
  • MDF de 18 e 20mm..: são muito utilizados para a frente dos móveis, pois facilitam o encaixe nos puxadores feitos de alumínio, além de serem comuns em prateleiras.
  • MDF de 25mm.: comuns para portas de guarda-roupas e armários devido à resistência que empregam.
  • MDF de 30mm.: são utilizados em prateleiras maiores e espessas que têm mais carga de peso.

Móveis lindos em MDF ou MDP?

Os móveis em MDF ou MDP são lindos e podem ser aproveitados em aplicações realmente muito interessantes. Com acabamentos modernos, linhas retas e facilidade na adaptação conforme a necessidade, eles são mais econômicos e contribuem para valorizar a decoração do lar.

Pesquisar modelos, tipos e acabamentos é, sem dúvidas, uma maneira de fazer a melhor escolha para a sua casa. A ideia é que, entendendo a qualidade do material, você encontre um profissional que possa projetar móveis que tenham tudo a ver com a sua personalidade. Um bom exemplo disso é esta belíssima peça verde projetada pela arquiteta de interiores Adriana Coradini. De aspecto minimalista, ela tem tudo a ver com o restante do ambiente e, com certeza, retrata o estilo dos moradores.

Busque por ainda mais inspiração para os seus móveis em MDF ou MDP aqui na homify!

Fachada con iluminación nocturna modelo Chipiona Casas inHaus Casas modernas de Casas inHAUS Moderno

¿Necesitas ayuda con tu proyecto?
¡Contáctanos!

¡Encuentra inspiración para tu hogar!